quarta-feira, 22 de junho de 2011

DIAS

Os dias às vezes passam tão rápido
Às vezes levam séculos para passar
Às vezes o sol brilha forte e castiga a terra
Às vezes sua luz é suave

Outras vezes as nuvens encobrem o céu
Como um lençól cinza
E de cinza, tornam-se negras
Derramando sua tormenta
Socorrendo a terra
Os dias sempre correm quando juntos à felicidade
Sempre caminham vagarosamente
Quando juntos à tristeza

Dias que chegam tão rápido
Dias que demoram a chegar
Dias difíceis
E outros incrivelmente deliciosos

Se eu pudesse, escolheria dias em que só houvesse ternura
Sol fraco e chuva doce
Amor e tranquilidade
Dias em que eu estaria com você
Dias em que fugiríamos
E... Quem sabe um dia...


(Ana Cristina - 2006)

Um comentário:

  1. Show de bola.
    Belas palavras.
    Realmente, cada dia, um diferente...

    ResponderExcluir

Loading...